Destaque_ Filme_Avatar

Filme: Avatar Director: James Cameron Estreia em portugal: 17-12-2009 Género: Acção/Aventura/Ficção Científica Estúdio: 20th Century Fox Website: www.avatarmovie.com Entre os actores principais: Sigourney Weaver Michelle Rodriguez Filme em 3D que marca o regresso de James Cameron.

08 fevereiro 2006

"Frutos Vermelhos"

Foto de: Desconhecido

Um dia, há muito muito tempo, uma menina corria e brincava na rua onde era o seu "reino". Nessa rua, com os seus amigos faziam corridas, de trotineta e de triciclo.
Nessa rua existiam casas, uma dessas casas era a sua casa, o seu "esconderijo perfeito", onde sabia que encontrava tudo aquilo que precisava, carinho, amor, pais e irmãos, sabia que existia alguém que se preocupava e tomava conta dela.
Nessa casa existia um jardim, atrás da casa um quintal.
Nesse quintal várias árvores de fruto, bananeiras, cajueiros, abacateiras, papaeiras, para além delas, existiam uns "arbustos verdes" com uns "frutos vermelhos" próximos de uma parede e protegidos por uma grande rede deitada para colocar a roupa (estendal horizontal).
Nesse quintal alguns animais existiam, caracóis enormes, maiores que as mãozitas dela, lagartos, lagartixas, uma gata (melada e pachorrenta) na capoeira galos, galinhas, a correr no quintal e jardim o sultão um cão de água lindo.
Vamos voltar, aos "arbustos verdes" com os seus respectivos frutos.
Essa menina uma vez num dia à tarde, olhou para os "arbustos verdes" com os seus "frutos vermelhos", já lhe tinha sido dito várias vezes para não mexer e não tocar nos "frutos vermelhos" pois iria ficar aflita.
A menina como era muito teimosa, não ouvia o que lhe diziam, apanhou a mãe na cozinha e foi por baixo do estendal horizontal de joelhos e foi aos "arbustos verdes" mexeu neles, achou graça aos "frutos vermelhos" eram bonitos e com um formato diferente, olhou e pegou num, depois em mais outro , e mais outro, ficaram vários nas mãozitas.
Continuou a olhar para eles achou que deviam ser bons e saborosos e pô-los na boca, mastigou e ia para engolir quando começa a ficar aflita. A boca ardia, como foi com as mãos à cara, os olhos começaram também a arder, começou a chorar, saíu dali e procurou a mãe.
A mãe quando a viu, logo percebeu o que se passou lavou a cara, as mãos, a boca, o ardor lá acalmou.
Mais tarde, ouviu a reprimenda e percebeu que aquilo que lhe tinham dito era verdade.
O que a menima aprendeu foi que pode "correr os riscos", deve escutar e lembrar-se dos avisos que lhe dão, decerto que a iram salvar de situações que pode evitar quando está a correr esses "riscos", pois nem tudo o que se vê é aquilo que aparenta.

Os "arbustos verdes" e os "frutos vermelhos" não eram nada mais que um bom e bonito piripireiro!

10 comentários:

Bitta disse...

As grandes lições da vida não se aprendem com avisos e conselhos... mas sim com a experiência!!!
Gostei da forma bonita como descreves o jardim; consegui visualizar muito bem todo o espaço e a moral da história é fantástica.

Parabéns... o teu olhar é sem dúvida muito especial!

elsO lUiz disse...

cOrrer riscOs... o mais emocionante da vida!

rafaela disse...

na minha terra era o chamado gindungo, e qdo os meninos diziam asneiras eram logo ameaçados - olha que eu esfrego-te a boca com gindungo.

gostei das memórias, tirando claro as mais picantes.

**

sonia r. disse...

Bom dia!!!
Bjo.

umacoisaemformade_assim disse...

lindo jardim, linda menina, linda história!

dreams disse...

pois...
ás vezes tentam proteger-nos, mas não ligamos até sentirmos na própriaa pele...
mas assim também se aprende e cresce...
beijo *
elianne

Flor disse...

Lição de vida..que nos faz crescer!
Beijo grande
Bom fim de semana

Eva disse...

de certeza ela nunca se esquecerá daqueles frutos vermelhos.... já aconteceu uma coisa parecida ao meu irmão, há muitos anos atrás....
bom fim de semana

Um outro olhar disse...

bitta: concordo,a experiência, conhecimento e saber devem andar de mãos dadas. :)

elso luiz: Obrigada pela visita.
Correr riscos faz parte da vida.
:)

rafaela a. : hoje rio-me :) da peripécia da altura

safo: obrigada :)

umacoisaemformade_assim: boas recordações e como dizes era um lindo jardim :)

dreams: às vezes é necessário corrermos os riscos e libertarmo-nos da protecção :)

flor: é verdade.... :)

eva: não esqueço, rio-me e bastante com ela na actualidade. :)

Anónimo disse...

Estória lindaaa! Recordar esses episódios da infância é algo muito belo e eu gostei imenso de conhecer este. A lição de vida que nos transmite também é preciosa! Nas pessoas que sempre nos deram provas de merecerem nossa confiança, vale sempre a pena acreeditar por que elas gostam de verdade de nós e...é tão bom sermos amadas/os pelo aquilo que relamente somos como pessoas!!
Black Bird

Seguidores

 
Mundo do fim do Mundo. Design by Wpthemedesigner. Converted To Blogger Template By Anshul Tested by Blogger Templates.