Destaque_ Filme_Avatar

Filme: Avatar Director: James Cameron Estreia em portugal: 17-12-2009 Género: Acção/Aventura/Ficção Científica Estúdio: 20th Century Fox Website: www.avatarmovie.com Entre os actores principais: Sigourney Weaver Michelle Rodriguez Filme em 3D que marca o regresso de James Cameron.

19 maio 2006

Vivemos para Sentir e Sentimos para Viver

Foto de : Autor desconhecido

Será assim tão linear?
Viver apenas para sentir ... que gosto teria a vida sem o prazer de não sentir?! Pois só percebemos o sentir quando conhecemos o não sentir.
No fundo só temos noção e conhecimento em si das coisas quando por vontade própria ou por força maior somos obrigados a conhecer o oposto, e se esse oposto é negativo a noção de sentir e de viver atinge uma dimensão nova e totalmente desconhecia até aí e muito mais intensa.
Sentir apenas para viver ... que gosto estranho sentir só sabendo que vivo desse modo, e sentir a revolta, o amor?! São eles que na sua oposição , nos fazem ter a noção do que é importante no viver.
Será que «Viver apenas para Sentir e Sentir apenas para Viver» não será um acto e egoísmo ou melhor não é um acto de egoísmo num grau elevado?
Pois só num grau elevado de egoísmo se tem a capacidade de "esquecer" o que nos rodeia e elevar o seu "eu" ao mais alto nível.
Deste modo quem vive com esta maneira de pensar ou ideologia de pensamento, não vive na totalidade, não sente o pulsar da vida na sua força toda, nem consegue ter a capacidade de entender e de discernir.
Vamos encontrar cada um o equilíbrio perfeito, de modo a sentir a vida na sua essência mais profunda.

24 comentários:

Teresa Durães disse...

No meu caso (e quem é como eu) é uma trapalhada porque eu sinto-vivo-sinto-vivo num conflito de emoções extremas que nada tem a ver com egoísmo ou noções do género.

Tem só a ver com serotomina a mais ou a menos (ou derivados)

E enquanto ando nesses altos-baixos-altos-baixos (e normais, claro) aprende-se muito. Principalmente aprende-se que há muito na vida que não tem qualquer importância - supérfluo.

pintoribeiro disse...

assim fosse...boa noite, bjinho.

Era uma vez um Girassol disse...

O melhor é ir vivendo...e sentindo, sem pensar muito! O que tiver de ser, será e logo teremos a força para resolver seja o que for....Já me baralhei...!
Bjinhos

Anónimo disse...

O sentir é apenas uma parte da realidade que não existe! Se nos focamos apenas no sentir o que sentimos é apenas o nosso foco e não usamos a energia das nossas emoções para encontar a virtude de ver as coisas tal com elas são!!

Portanto vamos pelo caminho do meio... nem tudo sentir nem tudo rejeitar!

PCS

Eli disse...

:)

Vanda Baltazar disse...

eu sinto que tu mereces um bom fim de semana :)

por isso to desejo e aqui te deixo escrito :)

goza-o! (sem medo de egoismos em baixo ou alto nivel)

Van

elsO lUiz disse...

viva...sinta...viva!

greentea disse...

viver é importante

se olharmos a vida

com um olhar diferente.

Bom fim de semana,Soube-me bem a tua música, que estou tão cansada, estou de rastos , sentido fisio, apenas.
um beijo para ti

Anónimo disse...

Como é bom vir aqui ler estes textos de grande qualidade!!Não o digo por mera formalidade ou para ser simpática, digo-o de alma, porque partilhares estes pensamentos connosco é de grande utilidade. Eles estão imbuídos de ensinamentos muito nobres. Quem vive apenas para sentir é ainda muito pobre de espírito e dá pena, pois escapa-lhe o essencial todinho...As sensações fazem parte da nossa vida terrena, têm a sua importância, mas nunca se devem colocar à frente de tudo. A conclusão que fazes no teu texto é perfeita! Jamais conseguiria escolher outra melhor. Excelente!!!
Black Bird

Storm disse...

sentir, não sentir, voltar a sentir por causa do espaço que fica depois de se sentir. tudo isto, a busca constannte do que nos realiza, para mim é o equilibrio. Parabéns, este post está fantástico. Gostei muito.

poca disse...

o equilíbrio...
bom seria ter o equilíbrio em tudo!
ter o controlo!
ter peso e medida...
sentir sinto...
viver vivo...
não penso no que vou viver a seguir, da mesma forma que não penso sobre no que vou sentir a seguir...
às vezes sente-se o tudo... às vezes sente-se o nada!
às vezes vive-se tudo!... às vezes nada!
e sim... dá-se sempre mais valor quando não se tem!
por isso, tanto "valor" terá o quando se tem do que o quando não se tem...
(não sei se me consegui explicar...
mas gostei muito do teu texto...)
beijinho e boa noite

M disse...

Talvez não seja assim tão egoísta. Talvez o sentir implique tb o sentimento que suscitamos no outro. Talvez para sentir precisemos que o outro ao nosso lado sinta connosco!

Claro que se for apenas um sentimento egoísta, será uma vivência mt incompleta! :)

pintoribeiro disse...

Bom dia, bjinho.

adesenhar disse...

correcto...

pouco mais tenho a acrescentar, fazendo minhas as tuas palavras.

:)

bfds

dreams disse...

Viver, será apenas respirar oxigênio?
Viver, será apenas o bater do coração?
Ou será que viver é aproveitar intensamente a vida?
Sim, o que entendemos por viver?

Viver é amar...
Viver é sofrer...
Viver é sorrir...
Viver é dar...
Viver é receber.

Sim, somente amando o próximo como a nós mesmos, sofrendo com nosso semelhante a sua dor, sorrindo para aquele que já esqueceu de sorrir,
dando um pouco de nós mesmo a quem nada tem, recebendo um pouco daquele que tem menos ainda...

Sim, isto é viver...

Se nós procurarmos enxugar a lágrima do próximo, não teremos tempo de soltar a nossa, se dermos um pouco de nosso calor humano, não teremos tempo de sentir frio, se amarmos o nosso inimigo, que é quem mais precisa de amor, não teremos tempo de sentir solidão.

Sim, isto é viver...

Viver é uma maneira maravilhosa
de aproveitar este dom maravilhoso que é a vida, e não passar pela vida em tal alheamento que ao chegar ao fim nem se sabe que viveu...

Por isso, não importa como te sentes hoje, amanhã é um outro dia e vale a pena viver e tentar ser feliz...

um beijo doce *
“·.¸Dreams¸.·”

pvnam disse...

[mini-spam]

-> Borrifem-se para o MONTE DE BANDALHOS!...
-> Reivindiquem o SEPARATISMO na Europa!...


NOTA: O Monte de Bandalhos [ vulgo Parasita Branco -> a MAIORIA dos europeus... ] são INTOLERANTES para com os LEGÍTIMOS Direitos dos Povos Nativos... porque... a Ocupação da Europa por outros Povos... deve ser considerada um ‘Processo Absolutamente Natural’... e não... o resultado da acção de um Bando de Parasitas... que pretendem andar no Planeta a CURTIR À CUSTA DOS OUTROS:
--->> Exemplo 1: O Parasita Branco ( a Maioria dos europeus... ) pretende andar no Planeta a Curtir a abundância de mão-de-obra Servil...... APESAR DE... o Parasita Branco nem sequer constituir uma Sociedade aonde se procede à Renovação Demográfica!
--->> Exemplo 2: O Parasita Branco ( a Maioria dos europeus... ) pretende andar no Planeta a Curtir a existência de alguém que pague as Pensões de Reforma...... APESAR DE... o Parasita Branco nem sequer constituir uma Sociedade aonde se procede à Renovação Demográfica!

O LEGÍTIMO Direito ao Separatismo!!!
SEPARATISMO-50
[ A constituição de Espaços Reserva Natural de Povos Nativos ]

Teresa Durães disse...

Voei por aqui...

Sandrinha Mara disse...

ai que eu amo demais esse teu blog.
Sempre tem coisas lindas.
Boa semana pra ti!
Postei um texto lindo no meu cantinho. Dê uma passadinha lá quando vc puder, tá bom?
beijos

Eli disse...

Obrigada!

:)

pintoribeiro disse...

Bom dia, bjinho.

Dani disse...

Não sei que sinta, com o que dizes. :)

Beijinhos

Eva disse...

Dá para pensar!!!
jinhos

rafaela disse...

As vezes gostava de ser egoista a esse ponto, ao ponto de viver apenas para sentir o que eu quero e deixar o restante de lado, sei que nao funciona.

=)

Carla disse...

Que gosto teriam uma sem a outra?...

Seguidores

 
Mundo do fim do Mundo. Design by Wpthemedesigner. Converted To Blogger Template By Anshul Tested by Blogger Templates.