Destaque_ Filme_Avatar

Filme: Avatar Director: James Cameron Estreia em portugal: 17-12-2009 Género: Acção/Aventura/Ficção Científica Estúdio: 20th Century Fox Website: www.avatarmovie.com Entre os actores principais: Sigourney Weaver Michelle Rodriguez Filme em 3D que marca o regresso de James Cameron.

05 abril 2006

Actos irreflectidos e Actos reflectidos

Desenho de: Mirona Mara

Como pessoas que somos agimos e actuamos de modos diferentes, não só porque cada um de nós difere entre si a nível emocional, a nível físico, a nível de faixa etária, a nível intelectual, a nível social, mas porque cada um de nós é uno e único.

Cada um de nós contém uma pequena percentagem de cada um dos níveis atrás referidos, mas nenhum deles é na mesma percentagem, assim todo este conjunto quando actua age em simultâneo e de modo rápido, provocando em nós - pessoa - reacções, actos e modos reflectidos ou irreflectidos.

Assim ao termos um acto reflectido ele é pensado, ponderado, analisado, em todos os seus aspectos, tentando omitir todos os erros possíveis e existentes. Um acto irreflectido não é pensado, saí espontaneamente.

Então significa que de algum modo os actos irreflectidos são verdadeiros e genuínos. De algum modo eles - actos irreflectidos - mostram e reflectem a natureza interior e mais íntima da pessoa, mostram o que ela é na sua verdadeira essência, memso que por breves instantes, breves segundos eles revelam mais do que vários dias ou meses de análise, revelam a essência do espírito.

Mas, não pudemos nem devemos esquecer os actos reflectidos sem eles - actos reflectidos - não somos a essência a pessoa humana que somos e existente necessária para contribuir, desenvolver, agir e actuar perante uma sociedade.

São necessários a conjunção dos dois para gerar a pessoa final que somos, a pessoa final que gere, cria, desenvolve e não desiste só porque uma contrariedade surge no horizonte.

É a mistura destes dois que desenvolve o mundo, que o faz crescer quer para o Bem quer para o Mal, vai depender da capacidade de gerencia destes e o Homem puderá evoluir num sentido mais elevado e recto ou num sentido mais regressivo e agressivo.


10 comentários:

Era uma vez um Girassol disse...

O resultado da soma dos actos reflectidos e irreflectidos mostrará o que realmente somos, sentimos e até pensamos...
Há que dosear muito bem para não se perder o controle!
Estou a gostar muito deste Outro Olhar sobre as coisas e os comportamentos.
Reflexão necessária, ponto de situação que devemos e podemos fazer no dia-a-dia para melhorar o nosso comportamento, a nossa prestação.
Bjinho

cuco disse...

...Por acaso já estive demasiado perto de um acto irreflectido...
Mas foi só uma vez(???), confesso...
Fraternalmente
:-)

paper life disse...

(émuito tarde para ler agora, volto amanhã)

:) Boa noite!

Teresa Durães disse...

Cuco, só uma vez? não posso dizer o mesmo :(

Acrescentaria um ponto. Às vezes um acto irreflectido não é mais do que uma reacção a um condicionamento não resolvido. E isso não faz o nosso carácter desde que seja resolvido.

Por exemplo. Se na infância uma criança tiver um pai/mãe autoritário, levando a calar-se e a ter medo, poderá, em adulta, a qualquer tipo de autoritaristo a revoltar-se (não admitir tal tipo de atitude mas de forma agressiva). Compreendendo, com aceitação, o motivo de tal reacção interna, a agressividade passa, conseguindo dialogar melhor com pessoas autoritárias de modo a não permitir do mesmo modo que o sejam mas sem descontrolo.

paper life disse...

à parte os condicionamentos que sofremos como acima já está escrito, no mais, concordo.

:)

BÓLICE disse...

Bem visto, gosto da análise.
Sermos o que somos sem que os traumas sejam levados em conta, porque o futuro está em constante evolução e não há pior que cada qual se esconda por detrás do seu passado. Não deve existir problema, deve haver sempre solução. Há sempre uma ou várias soluções, eu acredito!
E já agora que tema é este que toca quando se abre esta página?
Gostava de saber o que é?

Um ABRÇ & inté

Flor disse...

que engraçado..vi cá ontem li e deixei o comentário mas se calhar nem vi depois se passou ou não..hoje vinha deixar um abraço e um bom fim de semana....

:) não vou repetir o comentário que deixei ontem mas o abraço e um grande beijo sim.

Adoro o teu espaço, reflecte calma e tranquilidade

aprendiz de viajante disse...

... por vezes as doses de cada um deles é exagerada, encontrar o equilibrio é dificil mas necessário.

Ainda bem que existes para nos fazer pensar nestas coisas!

Bjo

Um outro olhar disse...

bólice: Olá, obrigada pela visita, dentro do possível aqui vai a resposta no fundo é o que está escrito em sub-título "uma maneira de olhar e vêr, o que nos rodeia... Um tentar vêr o outro "EU" " algo vago sei, mas temas não existem, apenas isso.

:)

Anónimo disse...

Muito interessante dedução...é realmente certa....
Gostei de ler o texto e reflectir também sobre este assunto tão essencial, mas muitas mezes tão esquecido.

Black Bird

Seguidores

 
Mundo do fim do Mundo. Design by Wpthemedesigner. Converted To Blogger Template By Anshul Tested by Blogger Templates.