Destaque_ Filme_Avatar

Filme: Avatar Director: James Cameron Estreia em portugal: 17-12-2009 Género: Acção/Aventura/Ficção Científica Estúdio: 20th Century Fox Website: www.avatarmovie.com Entre os actores principais: Sigourney Weaver Michelle Rodriguez Filme em 3D que marca o regresso de James Cameron.

05 maio 2007

...Porque...

Porque hoje não me apetece pensar, Porque hoje está sol e Porque foge ao convencional e simplesmente Porque com isto dá para ver que o nós homens não usamos nem metade da nossa capacidade e não me refiro à intelectual ou mental, mas física e motora.
Fiquem-se com o vídeo mas apenas façam se tiverem coragem ou agilidade para tal ...



12 comentários:

Teresa Durães disse...

promessas para a minha próxima vida (deste modo talvez consiga fazer metade disto):

- não fumar
- comer sopa todos os dias
- treinar muita ginástica
- não ter medo de alturas
- não ter medo de muita coisa ahahahha


beijos!! gostei do vídeo

poca disse...

de pensar ainda sou capaz.. antes não.. amanhã é segunda grrrr

de fazer isso não.. antes sim!

beijinhos e boa semana p ti

Carlota disse...

Lamentavelmente, não tenho nem uma, nem outra... :S
Beijola.

Klatuu o embuçado disse...

Para quem não queria pensar... pensaste muito... ;)

Mo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mo disse...

n vi o filme, mas sim vós homens só usais metade do cérebro ;-)

Isabel José António disse...

Querida Amiga Rahlo Ortuo,

Fazer tudo o que o personagem daz, é talvez, uma questão de treino. Embora com um pouco de efeitos especiais que possam estar adcionados, o desempenho é fantástico.

Mas noutros domínios, haveria que treinar também outro tipo de agilidade. A agilidade necessária para nos descobrirmos a nós mesmos e todas as capacidadesm, que embora todos tenhamos, só muito poucos as têm desenvolvidas.

Aprender a fazer da nossa vida uma espécie de "surf". Navegar na crsita das ondas. Aproveitar a embalagem e subir ao cume e deixar-se levar na descida para ir ao fundo e começar logo a subir. Se não houver ondulações deixar-se flutuar suavemente. Sem grandes traumas com os insucessos nem grandes euforias com os isucessos.

A transitoriedade ou a impermanência é a constante da vida.

Muitos parabéns por este não pensamento postado tão bem.

Um grande abraço

José António

Pe. Vítor Magalhães disse...

Obrigado pela passsagem no meu blog,... já deixei tb um comentário em "emozione...

Era uma vez um Girassol disse...

Tens um desafio no girassol...
Está giro o teu post!
Beijinho

*Lua* disse...

Uma questão de treino, de aprendizagem...mas infelizmente os homens estão cada vez mais sedentários e comodistas.

Bom post.

bjs

Era uma vez um Girassol disse...

Agora há festa no girassol...
Vai uma taça de champanhe?
Beijinho

Cinza disse...

Quando voltas?

Seguidores

 
Mundo do fim do Mundo. Design by Wpthemedesigner. Converted To Blogger Template By Anshul Tested by Blogger Templates.