Destaque_ Filme_Avatar

Filme: Avatar Director: James Cameron Estreia em portugal: 17-12-2009 Género: Acção/Aventura/Ficção Científica Estúdio: 20th Century Fox Website: www.avatarmovie.com Entre os actores principais: Sigourney Weaver Michelle Rodriguez Filme em 3D que marca o regresso de James Cameron.

30 agosto 2006

... Paralelo ... Linhas Paralelas ...

Foto de: um outro olhar
Caminho, os meus passos seguem o ritmo habitual de quando saio do trabalho e não estou em stress. De alguma forma ao caminhar já me liberto do peso que um dia de trabalho desencadeou, mas algo fica, algo mais profundo, algo que passa para lá de caminhar, algo que passa para lá de barreiras, algo que passa para lá ruas e carros.
Essa profundeza é algo, … é apenas um iceberg, ao qual o acesso é feito de um modo subtil ou directo, consciente caminho para ele inconscientemente não sei o que me espera, mas o imprevisto é algo que não me é desconhecido, pelo contrário é algo esperado e de algum modo bem aceite.
O paralelo “caminha” ao lado, sem nunca tocar mas sempre a apoiar. Paralelo palavra tão estranha e de algum modo tão forte, paralelo pode ser um cubo que encaixa em outros e forma uma rede compacta no qual se caminha em segurança e a algum lado nos leva; ou ou podem ser Linhas Paralelas que nunca se tocam mas que seguem lado a lado e cada uma sabe o papel que representa e desempenha e qual a função que tem no espaço.
O que somos então ou que fazemos então no espaço? Uma linha paralela não é nada sózinha num espaço, um paralelo nada é só num espaço, apenas num conjunto intrínseco eles gerem o espaço e conseguem coabitar de modo a existirem as suas formas sem serem repelidas por eles próprios ou por outros.
Sendo assim significa que existe um inicio, e um fim, o inicio é conhecido o fim não sabe só à medida que o mesmo vai sendo desbravado e descoberto, melhor sabe-se algo ténue, mas concreto nada existe. Sabe-se sim que partem cada um de seu ponto e cada um desses pontos para onde vão diferem. Assim resta coexistir, organizar e dizem somos aquilo que somos pelos actos e palavras, sendo assim eu posso ser o que sou e alterar ao longo do percurso sempre que ache necessário melhorar ou adaptar, dentro das normas e padrões que eu penso ser os meus desde que não interfira ou prejudique outrem.

Caminhada, longa esta que fiz, penosa nem por isso, bastante enriquecedora e de algum modo salutar, pois, tudo pode mudar e alterar incluindo eu se assim me propuser a tal, a jornada começou quando pára, eu ou o tempo dirá…agora para onde caminho de algum modo sei …

Enquanto isso “ Breathe me” ecoa e não pára a um ritmo cada vez mais melódico

9 comentários:

Teresa Durães disse...

uma linha inscreve-se num plano.
duas linhas, dois planos.

dois planos cruzam-se ou não.

cada passo que se dá é uma escolha, claro.

se o universo for esférico, tudo muda.

a linha passa a ser um círculo e nunca acaba. é o princípio e o fim. vida e morte e vida. e por aí adiante.

Boa noite para ti!

cuco disse...

Muito interessante o exercício "matemático"...

Anónimo disse...

Autêntico labirinto onde o personagem não se explica de todo: linha ou "paralelo" (cubo)?Há um "post" anterior onde "este começa"; haverá, no futuro, outro onde "este (post)termina"... se é que tem um fim anunciado.Leio que "sim" nas entrelinhas, para mais adiante entender que "não"!
A cantiga da Lara li " O rapaz do cubo mágico" faz , aqui, algum sentido.Concordo com o "exercício matemático" e não me arrependo de subscrever o comentário da Teresa Durães.
"Cartas" assim são o "espelho da alma", umas vezes "côncavo", outras "convexo" ( o espelho!!!).

Carlota disse...

És dona do teu destino. Isso ninguém pode negar-te.
Beijola.

Luís disse...

Caminhar é sempre bom... mesmo que seja paralelamente. Um post que nos questiona...

della-porther disse...

olhar

vim avisar-lhe...em breve ...muito breve invadirei essse canto e vou roubar-te...irás comigo à Cidade.
prepara-te.

beijos

della

.*.Magia.*. disse...

Olá!
Depois de te te ler, só consigo pensar em linhas cruzadas, que na vida também têm um significado especial, se pensarmos na possibilidade dos caminhos que a vida nos dá!
E como nem tudo se cruza connosco, exitem as linhas paralelas...serão os nossos sonhos, essas linhas que nunca se tocam e que não deixam de nos acompanhar?
Bom, baralhado está, baralhado fica!!!!...e daqui saio com a sensação de que não disse nada de entendivel!!!!

Magiassssss

de Matos disse...

Gostei bastante de ler as tuas palavras, bastante originais mesmo.

Obrigado pela visita e volta sempre ;)

bom fim de semana

http://cidadeladosincultos.wordpress.com/

Ilusões-Óptimas disse...

E as vidas paralelas, aquelas que não vivemos? As pessoas que não somos mas que podíamos ter sido?

Seguidores

 
Mundo do fim do Mundo. Design by Wpthemedesigner. Converted To Blogger Template By Anshul Tested by Blogger Templates.