Destaque_ Filme_Avatar

Filme: Avatar Director: James Cameron Estreia em portugal: 17-12-2009 Género: Acção/Aventura/Ficção Científica Estúdio: 20th Century Fox Website: www.avatarmovie.com Entre os actores principais: Sigourney Weaver Michelle Rodriguez Filme em 3D que marca o regresso de James Cameron.

06 dezembro 2005

Estrela no céu

Foto de: Mark d Roberts

Estamos a entrar numa época que a cada minuto que passa, a cada dia que passa, a cada momento que passa, o seu ideal está mais abalado e alterado.
Refiro-me à Época Natalícia, ou à Quadra Natalícia.
Olho em redor e vejo um consumismo desenfreado, tudo é apelativo aos olhos e à bolsa, as prendas essa não podem faltar, algo muito comum nesta altura, as comidas, as bebidas, as festas; mas..... o principal o que desencadeia a época festiva e que nos faz no fundo ter o Dia de Natal, ninguém se lembra, ninguém liga, rectifico quase ninguém, que é o Espírito de Natal.
Natal não é consumismo, Natal é lembramo-nos dos outros, é saber ajudar quem precisa, é estender uma mão ou dar um abraço a quem dele precise, é estar dísponivel quando um amigo(a) ou mesmo desconhecido(a), nos peça ajuda.
Natal é compreenção, é amor, é paz, é harmonia é fazer as coisas pelo simples acto de fazer, sem ter algo em mente ou sem olhar para algo em seu proveito, mas sim apenas um querer ajudar, sem nada em troca.
Natal é algo que existe actualmente, mas está completamente desfazado da sua verdadeira realidade (inicial), da sua verdadeira identidade, há que voltar a encontrá-lo.
Custa-me ver todos os anos que algo mais se perde, algo mais se "afunda" neste modo actual de Natal, em contrapartida cada vez cresce mais um Natal que é apenas nas palavras, um Natal que esquece o sentimento, um Natal que não acende a luz no coração das pessoas, por outras palavras o espírito natalício está-se cada vez a perder mais.
Como alterar?...Como encontrar o Espírito Natalício?
Alterar, ou encontrar o espírito natalício...é muito difícil, é algo que tem a ver com as sociedades em que estamos inseridos, com as mentalidades que elas foram criando, e que foram esquecendo o seu ínicio.
Para tal tinha de ser feito um grande trabalho de fundo, grandes alterações a nível económico, a nível de metalidades, a nível político, para assim deste modo puder ter impacto a nível sociológico, então assim e desse modo se reflectir nas famílias, nas pessoas, no fundo em nós.
Por isso, nesta época em que nos encontramos, e que vai culminar no dia de natal, vamos tentar em nós mesmos mudar algo, vamos tentar ser como aquela estrela lá longe que brilha sózinha, vamos tentar ser um pouquinho diferentes, pois só desse modo se consegue trazer de volta o Verdadeiro Natal.
Como não pudemos esperar que os "outros façam", sejamos cada um de nós per si a fazer.

4 comentários:

Eremita Baptista disse...

concordo em absoluto...tanto que agora já nem sei se vale a pena eu postar sobre o assunto...estava a pensar mais lá para junto da quadra...bjs

Um outro olhar disse...

Vale sempre a pena. :)
por isso continua a pensar no post.

Menina_marota disse...

Como eu concordo!!
Aqui em casa, o Natal ainda é com aquele espírito que recebi no meu passado de menina...e gosto assim!!

Um abraço e bom feriado ;)

Anónimo disse...

Excelente abordagem deste tema! Também a mim me revolta a forma como as pessoas utilizam a desculpa do Natal para fazerem os maiores disparates consumistas e terem atitudes altamente ridículas. Natal é a mudança de um solstício para outro, deveria também significar a mudança interior que cada pessoa tantas vezes adia indefinidamente e que urge começar para se renovar espiritualmente.
Black Bird

Seguidores

 
Mundo do fim do Mundo. Design by Wpthemedesigner. Converted To Blogger Template By Anshul Tested by Blogger Templates.